IoT em constante evolução: da captura de dados à sabedoria - NHS
skip to Main Content

IoT em constante evolução: da captura de dados à sabedoria

Internet Das Coisas

A Internet das Coisas (IoT), vivenciou sua primeira “onda” como uma tecnologia capaz de capturar dados. Hoje, está evoluindo para plataformas mais robustas que permitem monitorar, rastrear, identificar possíveis ameaças e atuar de maneira preventiva. No momento em que presenciamos a utilização de canais para aproveitar a vulnerabilidade das pessoas e corporações, soluções de segurança devem se tornar uma prioridade, especialmente com as expectativas de crescimento dos projetos de IoT.

Segundo o Gartner, serão 25 bilhões de dispositivos conectados até 2020, o que representa um crescimento exponencial sobre os 4,8 bilhões registrados há quatro anos. A própria consultoria indica que mais de um terço das empresas brasileiras usa ou planeja utilizar novos recursos de gerenciamento de dados.

O Fórum Econômico Mundial listou áreas em que a Internet das Coisas está com uma série de avanços, entre elas:

  • Cidades inteligentes, com atividades públicas controladas por sensores;
  • Limpeza do ar;
  • Agricultura, processos automatizados de irrigação, polinização e fertilização do solo para evitar desperdício;
  • Dispositivos vestíveis para conectar pacientes e médicos, além da prevenção de doenças.

Tendências

A tendência é que projetos nessa linha sejam mais frequentes e mudem a vida das pessoas e o ambiente corporativo. A segurança pública pode avançar com a utilização de sensores para captar imagem e voz, que ajudem a prevenir incidentes. A partir da automação, as autoridades policiais e do Governo podem incrementar as investigações, transformando os dados em inteligência.

Com a autorização dos condomínios, por exemplo, os dados podem ser disponibilizados para um Centro de Comando. Assim, ampliando a capacidade de investigação com a análise mais profunda das informações. Dependendo do caso, é possível compreender todo o comportamento de uma determinada cidade para, por exemplo, atuar preventivamente e conter a criminalidade em regiões mais críticas. Tudo com muita transparência e responsabilidade, a partir de soluções precisas, capazes de transformar os dados em informações e, posteriormente, em inteligência e sabedoria.

O mercado precisa se abrir para soluções holísticas, que possam monitorar os dados e contribuir na tomada de decisões. Se a sua empresa ainda não pensou nesta possibilidade, é agora o momento de se transformar.

Segundo informações de IT Forum 365

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top