skip to Main Content

A carga certa para o seu nobreak: cuidado com os excessos!

Carga Certa Para Nobreak

Máquina de lavar louça, secadora de roupas, aquecedor, ferro de passar, forno de micro-ondas. O que esses aparelhos têm em comum? Eles estão entre os eletrodomésticos que possuem as potências mais altas. E isso não influencia apenas na sua conta de luz, mas também no funcionamento de nobreaks!

Para explicar melhor essa relação e ajudá-lo a utilizar seu nobreak com mais segurança, precisamos recapitular alguns conceitos-chave. Vamos lá?

Entenda o que é potência

Para que um aparelho elétrico funcione, ele precisa receber uma determinada quantidade de energia, certo? Esta é a potência. Por determinação do INMETRO, os eletrodomésticos trazem uma etiqueta onde podemos checar esse valor.

É importante ficar de olho neste número, pois quanto maior a potência, maior será sua conta de luz – e mais robusto seu projeto elétrico precisa ser!

A influência da potência no funcionamento dos nobreaks

Além de proteção, uma das funções de um nobreak é fornecer energia ininterrupta aos equipamentos, garantindo um tempo de autonomia quando temos quedas na rede elétrica. Isso significa uma relação direta entre a potência dos aparelhos e o trabalho demandado do nobreak para que este funcione corretamente.

Que cargas podemos conectar ao nobreak sem sobrecarregá-lo?

Carga é tudo aquilo que alimentamos através do nobreak. Computadores, impressoras, servidores e portões eletrônicos são exemplos de aparelhos que podem ser conectadas a um nobreak – desde que suas cargas não ultrapassem a capacidade de potência em watts determinada para o modelo.

A sobrecarga – ou potência em excesso – pode danificar o nobreak ou fazê-lo funcionar por pouco tempo quando há uma queda de energia. Todos os nobreaks da NHS são dotados de sensores que monitoram a carga conectada e avisam quando há excesso.

Nossa recomendação é que os nobreaks trabalhem no máximo a 80% da sua capacidade. Para fazer o dimensionamento das cargas que serão conectadas, some as potências de todos o aparelhos e deixe uma margem de reserva de pelo menos 20% em relação a potência máxima do nobreak, para que ele opere com maior segurança.

Um nobreak pode alimentar eletrodomésticos como os que citamos no início do texto, mesmo com suas potências elevadas, desde que tenha capacidade suficiente para suportar determinada carga.

Mais dúvidas sobre os cuidados com a segurança do seu nobreak? Continue acompanhando as nossas dicas aqui no blog!

This Post Has One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top